A Associação Brasileira de Quadribol é a entidade organizadora do Quadribol (Quadball) no Brasil, é a NGB (National Governing Body, em tradução livre, Órgão Governante Nacional) do país diante a IQA (International Quadball Association), o órgão máximo do esporte. Além também de compor a CONMEQ (Confederación Latinoamericana de Quidditch), o órgão de nível continental do esporte em toda América Latina.

Responsável pelo esporte à nível nacional, ela é composta por suas equipes filiadas, organiza o CBQ (Campeonato Brasileiro de Quadribol) e chancela campeonatos à níveis estaduais e/ou regionais.

Seu Sistema de Governança é a da Governança Corporativa, na qual é estruturada por uma Assembleia Geral composta pelos representantes das equipes, conselheiros administrativos, diretores executivos e membros honorários, tendo apenas os primeiros o direito a voto (equipes Em Desenvolvimento ou Plenas), tendo esta o poder deliberativo dos principais eixos e políticas estratégicas adotadas; por um Conselho Administrativo que é eleito pela Assembleia. Responsável, em última instância, pela tomada de decisão no que se refere à gestão da Associação, sua principal função é manter o direcionamento estratégico da ABRQ de acordo com o decidido pela Assembleia, com os princípios e valores da associação e garantir a perpetuidade da mesma. Suas principais atribuições são: Eleger a Diretoria Executiva, acompanhar e fiscalizá-la, aprovar Planejamento Estratégico, criar e manter sistemas de controle interno; e, por último, a Diretoria Executiva, com o papel de elaboração e execução do planejamento estratégico, responsável pela decisão operacional e dos planos de ação de tal planejamento em cada pasta. São elas: 1. Diretoria-Presidência, 2. Vice-Presidência, 3. Diretoria de Esportes, 4. Diretoria de Expansão e Desenvolvimento, 5. Diretoria de Relações Internacionais, 6. Diretoria de Arbitragem, 7. Diretoria de Comunicação, 8. Diretoria Administrativo-Financeiro, 9. Diretoria Jurídico, 10. Diretoria de Pessoas e 11. Diretoria de Tecnologia.